Registo

GrupoGrupo 5 - Cães de tipo Spitz e de tipo Primitivo

Secção do grupoSecção 1 - Cães Nórdicos de trenó

País de origemEstados Unidos da América

Data de origemXIX

Primeira utilidadePuxar Trénos

Características principaisIndependente e amigável

TamanhoMédio, Grande

Peso15,5 - 28 kg

Altura50,5 - 60 cm

PelagemCurta

Esperança média de vida13 anos

Nivel energéticoMédio

Nível de brincadeiraMédio

Nível de afectoMédio

Exercício necessárioElevado

Experiência do dono com cãesMédio

Cuidados com a pelagemMédio

Foto Siberian Husky

Sabia que

O Husky Siberiano tem mais tendência para uivar que para ladrar.

É um apaixonado por cães do tipo lupóide? Então de certeza que ter um Husky já lhe passou pela cabeça. Mas não caia na tentação de adquirir um baseando-se unicamente no seu aspecto. O Husky é activo, talhado para trabalhar arduamente em grupo; muito inteligente, capaz de “dar a volta” a um dono inexperiente; e um cão de matilha, que precisa de se sentir parte integrante da família. O Husky tanto pode vir a ser o seu cão de sonho como o seu pior pesadelo, você decide.

O Husky tem um temperamento muito dócil e calmo não só com adultos mas também com crianças. No entanto, devido ao seu porte é  sempre importante supervisionar as brincadeiras com os mais pequeninos. Apesar de ser muito afectuoso, o Husky é também muito independente e, por isso, não espere que, quando este precisar de descansar, fique aos seus pés ou muito menos salte para o seu colo. Nestas situações, provavelmente irá para o seu cantinho descansar.

A sua forte personalidade e inteligência fazem com que o Husky não seja aconselhado a donos com pouca experiência, uma vez que facilmente se torna dominante e inverte a “hierarquia”. Assim, necessitam de um dono capaz de lhe dar uma educação positiva e consistente, que consiga assumir-se como líder e manter essa posição. Paciência e persistência são atributos a ter em conta se quer que ele respeite as suas regras.

O Husky é um óptimo animal de companhia, mas não propriamente o melhor cão de guarda. As suas barreiras em relação a estranhos praticamente não existem, recebendo sem qualquer medo ou desconfiança tanto os amigos da família como um ladrão cheio de más intenções. Pelo contrário, quando as visitas se tratam de pequenos animais, como gatos, esquilos ou até cães mais pequenos, o Husky pode ser impulsivo e agressivo. Não é de estranhar: este instinto de apanhar a presa resulta da proximidade da sua linha de sangue com o lobo. Assim, enquanto dono, seja cuidadoso e mantenha o seu Husky sempre com trela não vá ele desatar a correr atrás de algum animal.

Os Huskies são cães muito brincalhões e energéticos, pelo que precisam de estar constantemente ocupados mentalmente e fisicamente, ou então, encontrarão outras formas de se entreter, e você, como dono, provavelmente não irá ficar satisfeito com as ideias do seu cão (veja esta foto). Quando aborrecidos ou apanhados sozinhos durante longos períodos de tempo tendem a tornar-se destrutivos, roendo tudo o que possam apanhar (principalmente enquanto cachorros). E não pense que deixá-los no jardim resolve o problema: começarão a escavar à procura de um “tesouro perdido”.

O Husky exige um dono que tenha tempo e disponibilidade para passar “tempo de qualidade” com ele. Uma das actividades favoritas dos Huskies é correr e puxar, o que não é de estranhar pois foram seleccionados durante muitas gerações para puxar trenós durante quilómetros. Se adora desporto e velocidade então Mushing pode ser uma óptima escolha. Apesar de não ser uma actividade muito conhecida em Portugal, existem alguns grupos e muitos interessados – informe-se e experimente; vai ver que vai ser bastante divertido quer para si quer para o seu Husky. Se não se sentir bem em cima de rodas, então faça passeios ou corra com o seu Husky e se tiver possibilidade permita que o seu Husky corra livremente (mas só se o campo estiver vedado. Lembre-se que estes cães têm tendência a fugir!). Só assim é que o seu Husky poderá manter a forma física e libertar a sua energia.

A pelagem do Husky é dupla e uma grande barreira tanto contra o frio como contra o calor. Isto não quer dizer que ele suporte bem um dia de verão na praia ao sol, muito pelo contrário! Mas toda esta protecção vem com um elevado custo de manutenção associado. Os Huskies são conhecidos por largar muito pêlo e durante a muda de estação os seus donos desenvolvem uma relação de proximidade com o aspirador. Escova a pelagem do seu Husky regularmente e não se espante se libertarem mãos cheias de pêlos. Se não tem paciência para tarefas que parecem infindáveis ou não aguenta ver pêlos nas carpetes ou nas suas roupas, então, é melhor considerar outra raça.