Registo

Aparência Geral

Robusto, pelagem abundante, porte distintamente arrogante, com cabeça lembrando o crisântemo.

Cabeça

Larga, redonda, larga entre os olhos. Cabeça com boa barba e bigodes, pêlos crescendo acima do focinho dando um efeito distintamente 'crisântemo'. Não deve afectar a capacidade do cão para ver.

Stop

Definido.

Trufa

Preta mas castanha escura nos cães de cor chocolate ou nos cães com manchas chocolate. Parte superior da trufa deve estar numa linha ou ligeiramente abaixo da borda inferior dos olhos. Nível da trufa com ligeira ponta inclinada. Narinas bem abertas. Trufas para baixo ou pontiagudas são altamente indesejáveis​​, como são as narinas apertadas.

Chanfro

Bem largo, quadrado, curto, sem rugas, plano e peludo. Comprimento de aproximadamente 2,5 cm da ponta ao stop. Pigmentação do focinho o mais homogénea possível.

Lábios

Nivelados.

Maxilas 

Larga, ligeiramente prognata ou nivelada (torquês, borda a borda).

Olhos

Grandes, redondos, escuros, inseridos bem separados mas não proeminentes. Expressão calorosa. Em cães de cor chocolate ou com manchas chocolate, admissível olhos mais claros. Não deve ter branco visível nos olhos.

Orelhas

Grandes, com couros longos, portadas pendentes. Inseridas ligeiramente abaixo da coroa do crânio; uma pelagem tão abundante que parece munida de pêlos até ao pescoço.

Pescoço

Bem proporcional, graciosamente arqueado. Comprimento suficiente para portar a cabeça orgulhosamente.

Tronco

Dorso

Nivelado.

Lombo / Rim

Forte e bem acoplado.

Peito

Largo, profundo e bem descido.

Cauda

Guarnecida de pêlos, portada alegremente sobre o dorso. Para cima. Altura nivelada aproximadamente com a do crânio para dar um contorno equilibrado.

Membros Anteriores

Ombros

Firmes e bem colocados para trás.

Antebraços 

Pernas curtas e musculadas com boa ossatura, tão rectas, quanto possível, consistentes com um peito largo sendo bem descido.

Mãos

Redondas, firmes e bem cobertas de pêlos.

Membros Posteriores

Pernas curtas e musculadas com boa ossatura. Quando vistas a partir da retaguarda, direitas.

Coxas

Bem arredondadas e musculadas.

Pés

Redondas, firmes e bem acolchoadas. Bem revestida de pêlos.

Movimento

Arrogante, leve e fluente, as pernas dianteiras com bom alcance para a frente; traseira com acção forte e mostrando inteiramente as almofadas.

Pelagem

Pêlo

Revestimento exterior longo, denso, não encaracolado, com subpêlo moderado, não lanoso. Ligeira ondulação é permitida. O pêlo não afecta a capacidade do cão para ver. O comprimento do pêlo não deve restringir o movimento.

Dimensões

Proporções importantes

Mais longo entre o garrote e a raiz da cauda do que na altura ao garrote.

Tamanho

Não mais de 27 cm. Tipo e características da raça têm extrema importância e em hipótese nenhuma os animais devem ser avaliados somente pelo tamanho.

Peso

4,5 a 8 kg. Peso ideal 4,5 a 7,5 kg.

Comportamento

Inteligente, activo e alerta. Carinhoso e independente.

Faltas

Qualquer desvio em relação ao estalão deve ser considerado como um defeito que será penalizado em função da sua gravidade e das suas consequências na saúde e bem-estar do cão.

Faltas eliminatórias

  • Agressividade ou timidez excessiva.
  • Qualquer cão que apresentar anomalia física ou comportamental deve ser desqualificado.

Resumo Histórico

As pessoas tendem a confundir entre o Apso e Shih Tzu, mas há uma série de diferenças muito distintas. As raízes desta raça são do Tibete, mas a raça foi desenvolvida na China, onde os cães desta raça viviam nos palácios imperiais. A China tornou-se uma república em 1912, data em que a raça se começou a expandir para o Ocidente, embora a primeira importação registada na Grã-Bretanha tenha sido em 1931. Foi reconhecida como uma raça separada de outras raças orientais em 1934 e como tal concedido um registo separado pelo Kennel Club em 1940, com diversos certificados emitidos a partir de 1949. O olhar "crisântemo" da cabeça do Shih Tzu é mais atraente devido aos pêlos crescentes acima da cana nasal.

Outros

Utilização

Companhia

Provas de Trabalho

Não

Nota

Os machos devem apresentar dois testículos de aparência normal, bem descidos no escroto.

Número do estalão 208

Data de publicação do estalão de origem em vigor 2 Abril 2013

Data da última revisão Doglink 2 Abril 2013

Traduzido por Doglink

Fonte Fédération Cynologique Internationale