Registo

GrupoGrupo 2 - Pinschers, Schnauzers, Molossóides, Cães de Montanha e Boieiros Suiços

Secção do grupoSecção 2.1 - Molossóides

País de origemAlemanha

Data de origemXIX

Primeira utilidadeConduzir gado e guarda

Características principaisConfiante e determinado

TamanhoGrande

Peso42 - 50 kg

Altura56 - 68 cm

PelagemCurta

Esperança média de vida12 anos

Nivel energéticoMédio

Nível de brincadeiraMédio

Nível de afectoMédio

Exercício necessárioMédio

Experiência do dono com cãesElevado

Cuidados com a pelagemBaixo

Foto Rottweiler

Sabia que

O nome Rottweiler descende da cidade Alemã de Rottweil, onde esta foi criada.

Segundo o estalão descrito pelo Clube Geral Alemão do Rottweiler (ADRK), o Rottweiler tem uma natureza amigável e pacífica, adora crianças, é afectuoso, obediente, dócil e está sempre pronto a trabalhar. É seguro de si próprio, com um temperamento estável e destemido. Este é o comportamento de um Rottweiler adulto educado e sociabilizado. Como é que tão poucas pessoas conhecem estas características?

A história é simples e vem a ser repetida sempre que uma raça possante passa por uma onda de popularidade. Durante os anos 90, a raça começou a tornar-se bastante popular em Portugal. Isto fez com que muitas famílias adquirissem um Rottweiler sem terem noção das exigências da raça. Outros, atraídos pelo seu físico impressionante, adquiriram exemplares para lhes aumentar o ego ou como reflexo da sua atitude de “macho”. Para além disso, muitas pessoas aproveitaram-se desta onda de popularidade para fazerem uns trocos. Má criação pode originar exemplares totalmente fora do estalão, tanto na aparência como no temperamento. Para além disso, donos inexperientes que não sociabilizem os seus Rottweiler’s desde tenra idade e não lhes assegurem um treino consistente, terão cães com um comportamento muito além do estipulado pelo estalão. Infelizmente, ainda há alguns casos assim, no entanto, o Rottweiler Clube de Portugal juntamente com vários criadores responsáveis têm vindo a restaurar a reputação desta raça.

Os Rottweilers são cães muito afectuosos e que só são realmente felizes se fizerem parte de um núcleo familiar. Adoram estar sempre juntos dos seus donos e não se espante que mesmo com 50 quilos se queiram sentar no seu colo. No entanto, situações como estas não são desejáveis e, por mais irresistível e doce que o seu Rottweiler seja, não se esqueça que é também um cão com tendência para ser dominante e que irá testar a sua posição de líder na hierarquia da família. Demonstre-lhe sempre qual o seu lugar na família e ele sabê-lo-á respeitar.

De natureza guardiã, o Rottweiler não faz amizades imediatas sendo protector e territorial. Independentemente do quão calmo o seu cão é com as pessoas que conhece e confia, se ele sentir que estas estão em perigo ou de alguma forma foram ameaçadas, não hesitará em usar toda a sua força para os proteger. Se não for propriamente sociabilizado e educado, este comportamento poderá escalar e uma situação que não apresenta qualquer perigo pode passar a apresentar aos olhos do Rottweiler. Por isso mesmo, treino de obediência e sociabilização é fundamental para garantir a sua correcta integração na família e na sociedade que o rodeia.

O Rottweiler precisa de exercício moderado para queimar a sua energia e estimular o seu cérebro, não sendo por isso o cão mais indicado a viver em apartamento. Este cão exige também um dono experiente e que seja capaz de lhe dar um treino coerente, consistente e continuado. Assim, se pensa adquirir um Rottweiler como primeiro cão, então escolha outra raça.

Na legislação em vigor, o Rottweiler é uma das raças consideradas potencialmente perigosas. Cada acto irresponsável dos donos, denigre e põe em causa todas as qualidades destes animais. Cabe a cada dono, reverter estas opiniões e mostrar tanto o temperamento confiável e tranquilo como a inteligência desta maravilhosa raça.