Registo

GrupoGrupo 5 - Cães de tipo Spitz e de tipo Primitivo

Secção do grupoSecção 7 - Cães de caça de tipo primitivo

País de origemPortugal

Data de origemXV

Primeira utilidadeCaçar ratos

Características principaisActivo e alegre

TamanhoMiniatura, Pequeno

Peso4 - 6 kg

Altura20 - 30 cm

PelagemCurta, Comprida

Esperança média de vida15 anos

Nivel energéticoElevado

Nível de brincadeiraElevado

Nível de afectoMédio

Exercício necessárioMédio

Experiência do dono com cãesBaixo

Cuidados com a pelagemBaixo

Foto Podengo Português Pequeno

De norte a sul, fora ou dentro de Portugal, o Podengo Português adapta-se a qualquer região do país e mais do que isso: a qualquer situação. Se procura um companheiro alegre, amigo, ágil, resistente e que adore a vida ao ar livre, então o Podengo é uma óptima opção!

O Podengo Pequeno é o tamanho mais portátil da raça, adequando-se perfeitamente a um apartamento. Mas embora pequeno, não pense que não se dá por ele – muito pelo contrário! O Podengo Pequeno é uma fonte de energia que adora miúdos e graúdos, manifestando todos os dias alegria por viver com a sua família.  Para além de ser uma boa companhia, é também um bom cão de alerta. Se no campo ladra continuamente para anunciar a localização do coelho, avisando o resto da matilha e o caçador, ao mínimo ruído estranho que as suas “antenas” captem no conforto do seu lar, o Podengo também irá ladrar. Quanto a estranhos, desde que estes sejam bem recebidos pelo seu dono, o Podengo irá deixa qualquer tipo de desconfiança de lado e procurará os mimos do novo visitante.

Famoso por ser caçador de coelhos, o Podengo Pequeno persegue-os até ao “fim do mundo”, literalmente: entra nas tocas forçando as presas a voltar à superfície. Se está a pensar em adquirir um Podengo Pequeno lá para casa, lembre-se que este comportamento persistente será evidenciado noutras actividades em que este participe. Se não é fã de caça, faça com ele, por exemplo, provas de Agility – vai ver que ele não o vai deixar ficar mal.

O Podengo Pequeno foi seleccionado durante muitas gerações para ser um cão que trabalha em matilha, como tal, dá-se naturalmente bem com outros cães. Claro que, se não for devidamente educado, isto pode não se verificar. Embora seja um cão fácil de educar, sociabilização desde cedo é sempre fundamental para qualquer cão. Dar a conhecer ao seu Podengo os cães da vizinhança é uma óptima oportunidade para ele e para si – conhecer e partilhar a sua paixão por cães com outros amantes caninos é também uma experiência que enquanto dono não deverá perder.

Com outros animais de pequenas dimensões, o convívio poderá não ser o melhor. Os instintos de caça do Podengo podem fazer com que persiga o gato da vizinha ou qualquer outro que veja na rua. Ainda assim, se for criado desde cedo com gatos em casa, conseguirá  perfeitamente coabitar com estes.

Ao contrário de outras raças de pequena caça (como o West Highland White Terrier, por exemplo), o Podengo tem uma pelagem curta que não exige tantos cuidados de manutenção, sendo que uma escovadela todos os meses é mais que suficiente. Para além disso, a sua pelagem não possui a camada de sub-pêlo. Esta camada é normalmente reciclada duas vezes por ano, altura em que se verifica queda de pêlo abundante. Ao não ter sub-pêlo, o Podengo não passa por estas mudas, minimizando bastante a queda de pêlo. Assim, se alguém lá de casa tem alergia a pêlo canino, esta é mais uma boa razão escolher o Podengo.

Fique ainda a saber que, dado o facto do Podengo Português ser uma raça bastante antiga, existem muitas linhagens sanguíneas e a sua saúde é considerada como sendo de “ferro”.