Registo

Outros nomes da raçaGreat Dane

GrupoGrupo 2 - Pinschers, Schnauzers, Molossóides, Cães de Montanha e Boieiros Suiços

Secção do grupoSecção 2.1 - Molossóides

País de origemAlemanha

Data de origemXIX

Primeira utilidadeCaça Maior

Características principaisAfectuoso e calmo

TamanhoGrande, Gigante

Peso45 - 55 kg

Altura> 72 cm

PelagemCurta

Esperança média de vida10 anos

Nivel energéticoBaixo

Nível de brincadeiraBaixo

Nível de afectoElevado

Exercício necessárioMédio

Experiência do dono com cãesMédio

Cuidados com a pelagemBaixo

Foto Dogue Alemão

Sabia que

George, detentor do título do maior cão do mundo pelo Guinness (com 112 cms de altura ao garrote) é um Dogue Alemão.

O Dogue Alemão é conhecido pelo seu grande porte que prende a nossa atenção e impõe respeito. Mas se é certo que é capaz de derrubar facilmente um segurança de discoteca, saiba também que é gentil ao ponto de se aninhar junto de uma criança sem sequer a acordar.

Muitos reconhecem-no como o Scooby-Doo mas atenção: este herói medroso não faz jus ao verdadeiro temperamento da raça. O Dogue Alemão é um cão de coragem que protegerá a sua família a todo o custo! É muito devoto à sua família, especialmente às crianças, deixando que estas lhe façam tudo o que quiserem, desde puxar as orelhas até subir para cima dele. Tem mesmo plena consciência de que está a lidar com seres pequenos e, por isso mesmo, controla a sua força quando brinca com eles. No entanto, como qualquer cão de grandes dimensões as brincadeiras deverão ser supervisionadas – o Dogue sem querer pode abanar a sua cauda com demasiada força e aleijar alguém.

Como é muito cuidadoso e calmo adapta-se bem a viver em apartamento, dando mesmo a sensação aos vizinhos de que não existe nenhum cão em sua casa. É claro que isto só acontece se lhe proporcionar suficiente exercício diário, para que possa gastar as suas energias fora de casa. Faça longos passeios ou participe em alguma actividade canina.

E se o ar calmo e fofo do Dogue Alemão consegue capturar todos os mimos, tenha também cuidado para que estes não se tornem excessivos. O seu cachorro pode adorar estar ao seu colo em cima do sofá, mas será que quando tiver 55 quilos esta situação será viável? Não se esqueça que ele irá ocupar 3 lugares do sofá lá de casa e, uma vez habituado, é teimoso o suficiente para não largar os seus vícios.

Explique-lhe desde cedo as regras de lá de casa: o que pode ou não fazer. É sempre mais fácil educar um Dogue Alemão pequeno, não só porque ainda não tem manias mas também porque é mais fácil lidar com um cão de menores dimensões. Passear à trela, sociabilizar com outros cães e saber como abordar as pessoas (sem que lhes salte para cima por exemplo) são só alguns dos pontos a que deve dar importância. Assim, podemos dizer que o treino de obediência é essencial, mas devido a serem animais sensíveis, devem ser treinados através  da estimulação e da brincadeira. Alguma dureza ou muita firmeza pode confundi-los e torná-los desconfiados.

Como bom cão de guarda que é, o Dogue Alemão é reservado com estranhos não demonstrando no entanto instinto territorial, ou seja, a sua missão é proteger a sua família e não o seu território. Não pense também que ele irá mostrar agressividade à toa – o Dogue não sente necessidade disso já que o seu porte impressionante é suficiente para pôr todos em linha.

Relativamente à saúde, tal como acontece nas raças de porte gigante, o Dogue Alemão tem tendência para displasia da anca e, por isso, não devem ser excessivamente treinados quando estão em fase de crescimento. Para além disso, cães gigantes e de peito profundo têm mais propensão para a torção do estômago, ao ponto de ser mortal. Para evitar o risco, muitos veterinários aconselham a repartir as refeições e não fazer exercício depois destas.