Registo

GrupoGrupo 9 - Cães de Companhia

Secção do grupoSecção 4 - Cães sem pêlo

País de origemChina

Data de origemI A.C.

Primeira utilidadeCompanhia

Características principaisAfectuoso e alegre

TamanhoMiniatura, Pequeno

Peso2 - 5,5 kg

Altura23 - 33 cm

PelagemComprida

Esperança média de vida12 anos

Nivel energéticoMédio

Nível de brincadeiraElevado

Nível de afectoElevado

Exercício necessárioBaixo

Experiência do dono com cãesBaixo

Cuidados com a pelagemElevado

Foto Chinese Crested Dog

Sabia que

Na mesma ninhada podem nascer cachorros rapados e peludos? A diferença geralmente é detectável logo após o nascimento dos cachorros.

Onde quer que vão, os Chinese Crested Dogs não passam despercebidos, muito pelo contrário: tornam-se geralmente o centro das atenções não só pelo sua aparência exótica mas pela sua simpatia e alegria.

Estes pequenos canitos são ideais para apartamento não só pela sua dimensão como pelo facto de não terem tendência para ladrar. Mas desengane-se se pensa que são cães parados, o Crested é um cão muito activo que se não for convenientemente exercitado irá tomar iniciativa própria e tornar a sua sala numa pista de rally. Mas cuidados com as fracturas, devido à sua estrutura delicada podem partir um osso se embaterem contra um móvel ou se forem tratados com mais “brutalidade”. A propósito, não é um cão que deva estar em contacto com crianças muito agitadas – por isso, famílias com crianças pequenas é melhor escolherem outra raça – pois estas sem querer podem magoar o animal.

A sua fragilidade e delicadeza, faz com que possam desenvolver um carácter tímido, algo que poderá ser evitado com uma correcta sociabilização. Além disso, são animais asseados com muita vontade de agradar o dono e, como tal, fáceis de treinar. No entanto, o treino deve ser sempre feito recorrendo a reforço positivo – mas cuidado com o excesso de recompensas comestíveis!

A sua aparência é sem dúvida um dos aspectos que desperta mais atenção. Os Crested podem ter uma pelagem completa, os chamados Powder Puff, ou pelagem parcial em pontos especificos do corpo, os chamados Hairless. Quem não os conhece, pensa que são duas raças distintas, mas na realidade têm um genoma muito idêntico e as diferenças mais evidentes devem-se a uma mutação num gene que codifica para uma proteina que regula o desenvolvimento da ectoderme e cujo fenótipo se classifica como Displasia Ectodérmica Canina (CED). Entre outras coisas, é a partir da ectoderme que se desenvolve epiderme e suas estruturas acessórias, assim os cães que nascem com CED apresentam falhas no pêlo e na dentição. Mas estas falhas não se apresentam todas na mesma extensão, pois dependem da mutação. Assim, tanto podem existir Hairless com uma dentição completa como com dentição incompleta. Um criador responsável não considera esta característica como aleatória mas preocupa-se em seleccionar os exemplares Hairless que exibem melhor dentição para cruzamentos.

A CED é uma característica autossomica semi-dominante, isto significa que sempre que um dos alelos possui CED, o cão resultante (heterozigótico, Hp) demonstrará esse fenótipo. No entanto, quando os dois alelos possuem CED, os embriões (homozigóticos, HH) não se chegam a desenvolver. É por isso que não se pode eliminar a variante Powder Puff – embora seja uma característica recessiva, é essencial para o fenótipo dos cães Hairless!

Se está indeciso entre ambos os tipos considere, os cuidados a ter com cada um deles. O Hairless necessita de mais banhos para manter a pele saudável (geralmente uma vez por semana), eventualmente precisam de esfoliação e aplicação de protector solar antes da exposição ao sol. Tal como a pele humana, também a pele dos Hairless pode ficar bronzeada, com sinais ou até mesmo borbulhas – evite dar ao seu Hairless uma dieta gordurosa. Além disso, nem todos os Hairless nascem totalmente sem pêlo e apresentam pele suave como os humanos. Dependendo da mutação genética, há Hairless mais “peludos” e com pele mais dura. Quando aos Powder Puff, o banho poderá ser dado a cada 15 dias e a escovagem deve ser diária de modo a remover pêlos embaraçados. Sempre que escovar aplique previamente um condicionador no cão – a escovagem a seco pode danificar o pêlo. Em ambos os casos aconselhamo-lo a pedir conselhos sobre qual rotina diária que o criador tem com os seus cães.

Ainda que sejam cães que exigem alguns cuidados e serem seres delicados, não são cães de porcelana! Os Crested adoram correr e se forem convenientemente sociabilizados convivem bem com outros animais. Por isso, leve o seu Chinese Crested Dog a fazer exercício e a conviver com outros animais sem medo de se sujar. Terá um cão feliz com um corpo e mente equilibrada!