Registo

GrupoGrupo 9 - Cães de Companhia

Secção do grupoSecção 6 - Chihuahuas

País de origemMéxico

Data de origemXIX

Primeira utilidadeCompanhia

Características principaisAtrevido e activo

TamanhoMiniatura

Peso0,5 - 3 kg

Altura15 - 23 cm

PelagemCurta, Comprida

Esperança média de vida18 anos

Nivel energéticoElevado

Nível de brincadeiraBaixo

Nível de afectoMédio

Exercício necessárioBaixo

Experiência do dono com cãesBaixo

Cuidados com a pelagemBaixo, Médio

Bolinhas de sabão e um chihuahua
Foto Chihuahua

Sabia que

O Chihuahua é considerado o menor cão do mundo. E o seu nome deriva da maior província da República Mexicana.

O Chihuahua é um cão pequeno, muito pequeno... mas atenção merece ser tratado como um cão e não como um “acessório”. O Chihuahua gosta (e precisa) de passear, correr, explorar e interagir com outros cães. Isto é extremamente importante se quiser ter um cão equilibrado que não fique nervoso quando entre em ambientes estranhos ou situações diferentes às quais não esteja habituado. A fama de cão nervoso, amedrontado e histérico geralmente aplica-se a cães que não foram sociabilizados. Nenhum Chihuahua bem sociabilizado e equilibrado se encaixa nesta descrição.

Apesar de ser um cão de pequenas dimensões, o Chihuahua não é um fracote, muito pelo contrário! Ele tem um carácter forte, podendo ser agressivo e não desistindo na maioria das situações. Mas não o julgue como muito resistente, devido ao seu tamanho é extremamente frágil e, por isso, não é o cão mais indicado para uma casa com crianças ou outros animais de grandes dimensões (especialmente os mais brutos). Apesar de ser muito brincalhão, não é suficientemente robusto para ter brincadeiras mais violentas – caso alguém tropece nele ou o pise, o Chihuahua pode facilmente partir um osso!

Curiosamente, o Chihuahua é a única raça canina que pode apresentar uma moleira no topo da cabeça, tal como os bebés humanos. Por vezes, esta não fecha até os cachorros terem vários meses de idade, sendo até confundida com hidrocefalia (acumulação de líquido no cérebro). Mas quando atingem a idade adulta, a grande maioria dos Chihuahuas tem a moleira fechada.

O Chihuahua é um cão muito carinhoso e que adora ter a atenção do seu dono. Mas é também sociável ao ponto de receber visitas em casa e mostrar-se afectuoso com todos. No entanto, este comportamento só se verifica se estiver bem educado. Algumas vezes, a adoração pelo seu dono pode desencadear ciúmes excessivos no Chihuahua e, neste caso, ele irá tornar-se super protector do dono. Para evitar estas situações é importante que este saiba o seu lugar na hierarquia e respeite todos os que estão acima dele. O Chihuahua é um cão relativamente fácil de treinar, sendo que o tom de voz do seu líder é muitas vezes suficiente para ele distinguir o que é correcto do incorrecto. Não deixe que este se torne num pequeno diabinho odiado por todos os seus amigos e vizinhos.

Apesar de ser muito activo, o Chihuahua tem picos de energia e, por isso, cansa-se com facilidade. Ou seja, uma simples corrida atrás de um brinquedo é suficiente para os cansar. Por isso, fique já a saber que se o desafiar numa longa caminhada talvez o tenha de levar ao colo durante uns períodos.

E se por um lado o tamanho dos Chihuahuas é o seu grande trunfo, por outro lado pode também ser o seu grande azar. Dentro da mesma ninhada podem nascer cães mais pequenos que outros e, infelizmente, alguns criadores aproveitam-se desse facto para criar cães mais pequenos do que o estalão indica, vendendo-os como raridades. Não se deixe enganar e muito menos encoraje este tipo de criação que, tantas vezes resulta em animais com problemas, não só a nível de morfologia como temperamento.

Antes de adquirir um Chihuahua não se esqueça que ele pode viver até aos 18 anos, por isso, certifique-se que ele se enquadrará no seu futuro.