Registo

GrupoGrupo 9 - Cães de Companhia

Secção do grupoSecção 11 - Molossóides de porte pequenos

País de origemFrança

Data de origemXIX

Primeira utilidadeLuta contra touros

Características principaisAfectuoso e brincalhão

TamanhoPequeno

Peso8 - 14 kg

Altura28 - 33 cm

PelagemCurta

Esperança média de vida15 anos

Nivel energéticoBaixo

Nível de brincadeiraMédio

Nível de afectoElevado

Exercício necessárioBaixo

Experiência do dono com cãesBaixo

Cuidados com a pelagemBaixo

Gémeos e Bouledogue francês
Foto Bouledogue Francês

Sabia que

Devido ao seu corpo atarracado e cabeça grande, a maioria dos Bouledogues Franceses não conseguem nadar.

Tem um ar duro por fora, mas é doce por dentro; tem orelhas de morcego mas não voa; é pequeno mas enche uma casa... Já sabe quem é? É o Bouledogue Francês! Com apenas 14 quilos (se tanto!), uma pelagem que não oferece muitos trabalhos e sem grandes exigências em termos de exercício, o Bouledogue Francês é um cão que se enquadra muito bem na vida citadina, tendo uma grande vantagem em relação aos outros cães de companhia de porte pequeno que é não ladrar muito.

Muitas vezes o Bouledogue Francês é confundido com o Boston Terrier muito devido à pelagem preta e branca, mas quem realmente conhece as duas raças, tanto na sua aparência como no comportamento, sabe bem que são cães muito diferentes: o Bouledogue Francês é mais forte, compacto e calmo que o Boston Terrier. De facto, o Frenchie, como os seus fãs o apelidam,  é um cão tão calmo e confiante que surpreende os cães de maiores dimensões que ficam perplexos ao ver que este cão não reage fervorosamente e não tem medo das suas dimensões – algo que é incomum nos cães mais pequenos.

O Frenchie é um cão charmoso e inteligente com senso de humor e uma pitada de teimosia. Tendo sido criado desde há vários séculos como cão de companhia, o Frenchie é um cão muito ligado às pessoas, mas particularmente à sua família. De facto, por vezes ele torna-se demasiado ligado a esta, o que significa que pode não ser a melhor opção para todos os que se ausentam das 8h às 18h todos os dias. Agora se, durante as horas da sua ausência, tiver uma companhia humana que lhe dê atenção, carinho e um pouco de brincadeira, o seu Frenchie não se vai queixar – ele só precisa de 5 minutos para fazer um amigo para a vida. Por isso, adaptação é outra das palavras que descreve bem o Frenchie. Com as crianças tem uma boa relação mas é importante que ambos aprendam os limites de cada um e a respeitar-se mutuamente.

O Frenchie é um cão cheio de amor para dar, no entanto não espere dele mais do que ele lhe pode dar. Se procura um cão que o possa acompanhar nas suas longas caminhadas ou corridas então o Frenchie não é o cão indicado para si: ele adora uma boa brincadeira mas cansa-se com facilidade.Tem aqui a confirmação! Se quer um cão que aprenda truques em poucos minutos, então boa sorte: geralmente o Frenchie só faz o que lhe mandam se estiver com vontade ou se a recompensa for muito boa. Se sonha com um cão que só tenha olhos para si, então escolha outra raça: o Frenchie tem um coração demasiado grande para caber lá só uma pessoa.

Mas toda a paz e amor que se alcança ao viver com um Frenchie podem ser abalados se não se tiverem alguns cuidados com ele. Estes cães são muito sensíveis a vários níveis e, por isso, não devem ser tratados com dureza e deve evitar-se que sejam expostos a fumos, produtos de limpeza agressivos ou calor extremo. Para além disso, devem ser passeados de peitoril pois a coleira coloca pressão na traqueia, o que condiciona a respiração. Outro ponto importante e de realçar em todos os cães com rugas é que estas devem ser regularmente limpas e secas.

Como já aconteceu com tantas outras raças, o Bouledogue Francês tem-se tornado muito popular nos últimos anos, e infelizmente muitas pessoas aproveitam-se disso criando cães completamente fora do estalão, tanto na aparência quanto no comportamento. Por isso mesmo, procure um criador responsável.