Registo

Aparência Geral

Forte, construção quadrada, de estrutura muito harmoniosa e constituição robusta. Sem qualquer aparência pernalta, todo coberto de uma pelagem abundante. Musculado, atarracado com uma expressão muito inteligente. As formas originais não devem ser modificadas artificialmente com tesoura ou tosquia. Dotado de grande vigor, apresentando uma linha superior ligeiramente ascendente e, visto de cima, possui um tronco em forma de pêra. Apresenta, no trote, um bamboleado típico, quando caminha ao passo de camelo ou ao passo normal. O latido possui um timbre próprio.

Cabeça

Crânio

Volumoso e de formato quadrado. Bem arqueado sobre os olhos.

Stop

Bem definido.

Trufa

Grande e de cor preta. As narinas são largas.

Chanfro

Forte, quadrado e truncado.

Maxilas e Dentes

Dentes fortes, grandes e regularmente alinhados com uma mordedura perfeita, regular e completa em tesoura, isto é, os dentes superiores recobrem os dentes inferiores e são inseridos ortogonalmente aos maxilares. Mordedura em torquês é tolerada, porém indesejada.

Olhos

De inserção bem separada. São escuros ou de cores diferentes. Os dois olhos azuis são aceites. Os olhos claros são indesejados. Prefere-se o contorno dos olhos pigmentados.

Orelhas

Pequenas e portadas achatadas contra as faces.

Pescoço

De bom comprimento, forte e graciosamente arqueado.

Tronco

Bastante curto e compacto.

Lombo / Rim

Muito robusto, largo e levemente arqueado.

Peito

Profundo e amplo. Costelas bem arqueadas.

Cauda

Anteriormente era habitual o corte ou os animais nasciam com a cauda cortada natural. Quando cortada, era completamente cortada. Não cortada é portada naturalmente. Bem franjada com abundante pelagem de textura dura.

Membros Anteriores

Cotovelos

Bem ajustados ao peito.

Ombros

As escápulas são bem oblíquas e mais estreitas no garrote do que na ponta dos ombros. Ombros carregados são indesejáveis.

Antebraços

Perfeitamente rectos, ossatura forte, mantendo o corpo bem distante do solo.

Mãos

Pequenas, redondas e compactas. Dedos bem arqueados. Almofadas plantares espessas e duras. Não viradas nem para dentro nem para fora.

Membros Posteriores

São bem cobertos, redondos e musculados.

Joelhos

Bem angulados mas sem exageros.

Pernas

Longas e bem desenvolvidas.

Metatarsos

Paralelos, quando vistos por trás.

Jarretes

Inseridos baixos.

Pés

Pequenos, redondos e compactos. Dedos bem arqueados. Almofadas plantares espessas e duras. Não viradas nem para dentro nem para fora.

Movimento

Quando caminha, bamboleia os posteriores à maneira dos ursos. Quando trota, o alcance é fácil e a propulsão fornecida pelos posteriores é poderosa; os membros deslocam-se em planos paralelos à linha do corpo. O galope é muito elástico. Em relação à passada lenta, alguns exemplares podem ter tendência ao passo de camelo. Durante o movimento, o cão pode portar a cabeça naturalmente baixa.

Pelagem

Pêlo

Abundante, de textura bem áspera, não liso, porém eriçado e isento de cachos. O subpêlo é impermeável. A cabeça e o crânio são bem revestidos de pêlos; as orelhas são moderadamente guarnecidas. O pescoço é bem guarnecido, bem como os membros anteriores, principalmente o contorno. A pelagem é mais abundante nos posteriores do que no resto do corpo. É preciso dar mais importância à qualidade e à textura do pêlo do que ao comprimento e abundância.

Cores

Qualquer tonalidade de cinza, acinzentado ou azul. O tronco e os posteriores têm cor sólida, com ou sem manchas (meias) brancas. As marcas brancas, nas áreas sólidas, devem ser desencorajadas. A cabeça, o pescoço, os membros anteriores e em baixo da barriga devem ser brancas com ou sem marcas. Qualquer tom de castanho é indesejável.

Dimensões

Tamanho

O tipo e o equilíbrio das formas são de grande importância e nunca devem ser sacrificados somente pelo tamanho.

Altura ao garrote nos machos

61 cm ou acima.

Altura ao garrote nas fêmeas

56 cm ou acima.

Comportamento

Dócil e de carácter equilibrado. Corajoso, fiél e confiável, não é tímido ou agressivo se não for provocado.

Faltas

Qualquer desvio em relação ao estalão deve ser considerado como defeito que será penalizado de acordo com a sua gravidade e das suas consequências na saúde e bem-estar do cão e nas suas habilidades para executar o seu trabalho tradicional.

Faltas eliminatórias

  • Agressivo ou extremamente tímido;
  • Qualquer cão que demonstre sinais de anomalia física ou comportamental deve ser desqualificado.

Resumo Histórico

Embora o Antigo Cão de Pastor Inglês seja considerada uma raça britânica, hoje acredita-se que a sua verdadeira ascendência seja originária dos Pastores Europeus do tipo Owtcharka e Bergamasco cruzados com cães pastores de Inglaterra. Actualmente, é considerada como uma raça Britânica nativa, frequentemente chamada de Bobtail. Forte, compacto e abundantemente peludo; o seu pêlo é uma característica distinta e é resistente ao clima. Basicamente, um cão do campo, inteligente e amigável; tem um latido particularmente ressonante o suficiente para assustar qualquer intruso.

Outros

Utilização

Pastoreio

Provas de trabalho

Não

Notas

  • Os machos devem apresentar dois testículos de aparência normal, bem descidos na bolsa escrotal.
  • Só os cães funcionalmente e clinicamente saudáveis, com conformação típica da raça, é que devem ser utilizados para criação.

Número do estalão 16

Data de publicação do estalão de origem em vigor 5 Janeiro 2011

Data da última revisão Doglink 27 Setembro 2014

Traduzido por Doglink

Fonte Fédération Cynologique Internationale