Registo
Foto O Grupo Lobo acaba de adoptar um cão

O grupo Lobo no âmbito do projecto “LIFE MED-WOLF – Boas Práticas para a Conservação do Lobo em Regiões Mediterrânicas” acabou de treinar um cão para identificar lobos em território nacional. Chama-se Zeus, tem 3 anos, e foi recolhido pela associação Focinhos&Bigodes onde se encontrava há dois anos.

Nas últimas duas semanas, o Zeus foi treinado para identificar vestígios de lobo em terreno aberto. Heith Smith, investigador da Universidade de Washington e responsável pelo treino do Zeus, diz que este se tem portado lindamente e que está preparado para o seu novo trabalho. A partir de agora, o Zeus vai viver em Almeida, uma localidade perto da Guarda.

Francisco Fonseca do Grupo Lobo diz que o animal irá ajudar a procurar dejectos de lobo de modo a avaliar a sua presença. O trabalho do Zeus permitirá não só identificar a presença de lobos em ataque em rebanhos de modo a indemnizar os pastores mas também ajudará a actualizar o recenseamento de lobos na região. Acrescentou ainda que através dos dejectos se pode retirar muita informação, tal como: a sua alimentação, sexo e o estado em que o animal se encontra.

A ideia do Grupo Lobo é vir a adoptar mais alguns cães com esta função e espera que este projecto possa melhorar a coabitação entre o ser humano e lobo.