Registo
Foto Jack foi libertado depois de vários meses de angústia

A 27 de Março, um Cão Pastor de Shetland chamado Jack atacou a neta dos seus donos, uma menina de três anos que cresceu na companhia do cão. O tribunal condenou o cão à morte mas a sua família sempre defendeu que o animal não tinha a intenção de aleijar a criança e quase cinco meses depois o animal foi libertado.

Ninguém, excepto Jack e a criança, sabe exactamente o que aconteceu, mas os seus donos acreditam que a menina tropeçou no cachorro e este reagiu dando-lhe uma dentada. A criança teve de levar quatro pontos numa bochecha mas encontra-se já perfeitamente recuperada. Depois do incidente, as autoridades do hospital contactaram um oficial do controlo animal que, nessa mesma noite, lhes transmitiu que teriam que apresentar Jack no canil Stevens-Swan Humane Society. O oficial explicou que a lei obriga a um período de quarentena de 10 dias e, como era o seu primeiro e único ataque, seria libertado após este período.

Entretanto a família foi notificada para ir ao tribunal da cidade New Hartford. Estes pensaram que estariam a ser chamados porque Jack não possuia a licença de registo no entanto receberam a notícia de que o juiz Van Slyke tinha tomado a decisão que Jack deveria ser abatido. A família ficou em choque total e desde então tem feito tudo o que está ao seu alcance para evitar que este seja abatido e para o retirar do canil.

Uma vez que Jack está a ser mantido sob ordem judicial, o canil tem que tratá-lo como perigoso e como uma ameaça para a sociedade e, por isso, este não está autorizado a sair da sua box.

O Jack tem sete anos e tem um problema na anca chamado doença de Lyme tornando-o sensível à pressão e pensa-se que tenha sido por isso que ele mordeu a neta de Beratta. Em sete anos da sua vida, Jack nunca tinha demonstrado qualquer comportamentos agressivo.

Após vários meses de angústia, no recurso conseguiram que Jack fosse entregue a uma nova família. Para retirar o animal do canil, foi necessário suportar o custo da estadia no valor de 2.520 $.  Os novos donos de Jack são os donos do seu pai, irmão e irmã. Natalie e a sua família vivem a poucos quilómetros dos novos donos e poderam ver Jack sempre que quiser. Jack foi entregue ontem dia 19 de Agosto de 2013.

Caso Jack volte a morder, apesar de seus problemas de saúde, será imediatamente abatido.

Fonte: Help Save Jack