Registo
Foto 35 dias de vida de cão

Sean Le Vegan, um amante canino de Manchester, em Inglaterra, vai passar mais de um mês enclausurado num canil para sensibilizar a comunidade sobre as condições dos animais vadios e encorajar as pessoas a adoptar.

Sean, um webdesigner de 35 anos e voluntário no canil de Manchester e Cheshire, acredita que passar 35 dias numa boxe é uma boa maneira de atrair atenções para o temível mundo dos cães abandonados. É também uma óptima maneira de angariar fundos para um canil, já que planeia filmar a experiência e passá-la em tempo real na internet, cobrando 5 libras (7,5 euros) por subscrição.

As pessoas poderão ver um humano a viver como um animal e Le Vegan planeia oferecer uma experiência realista. 35 dias é o tempo médio que um cão passa nos canis de Manchester. Tal como os cães que são trazidos para o canil, Sean não comerá nada durante os quatro primeiros dias e terá que sobreviver só com água e um lençol. Depois desse período, será alimentado com comida vegetariana para cão durante os próximos 31 dias. Só terá uma hora de liberdade por dia para usar a casa de banho e passear.

Para tornar esta experiência ainda mais autêntica, foi-lhe implantado no ombro um microchip (identificação electrónica) que estará ligado à base de dados canina.

“Vai ser muito difícil mas não quero andar para aí mascarado, correr a maratona ou qualquer outra iniciativa considerada “normal”. Quero mesmo mostrar às pessoas o que é que os cães vadios passam e experienciá-lo eu mesmo”, disse Sean à Manchester Evening News. “As pessoas pensaram que eu estava totalmente maluco quando contei a minha ideia – principalmente em relação ao microchip. A casa de banho será obviamente um problema por isso para suster os meus níveis de água, já deixei de tomar cafeína, sal e açúcar. Isto tem de ser feito de maneira apropriada”.

O activista escolheu começar esta experiência dia 5 de Outubro, quando o tempo começa a ficar frio, de modo a mostrar o que é que os animais têm que suportar.

Celebridades e profissionais ligados ao mundo dos cães irão passar pelo canil durante a estadia de Sean Le Vegan para possivelmente angariar mais visitantes e, consequentemente, dinheiro para a causa.

Para seguir o progresso do Sean, visite o seu website: kennel35.com

 

Fonte: Manchestereveningnews